Tipologia textual, Gêneros textuais e Gêneros Literários

Para quem vai estudar para algum concurso é comum encontrar na lista dos conteúdos programáticos a serem cobrados na referida prova o tópico sobre tipos textuais, gêneros textuais ou literários, por isso, é mais do que fundamental conseguir distingui-los.

É claro que, de certo modo, estão relacionados, mas ainda assim diferenciam-se entre si. Para não errar na ora de estudar confira a diferença essencial entre cada um deles. É válido ressaltar que ao longo das semanas, às quartas-feiras, iremos tecer estudos sobre este universo da produção de um texto, por isso, hoje os referidos gêneros, tipos literários e textuais serão apenas citados, faremos um aprofundamento sobre cada um, gradualmente.

É fato que os textos não são simples amontoados de palavras, nem tão pouco estão restritos à arte da palavra, eles podem ser tanto escrito, quanto oral.  O que torna algo texto é a capacidade de transmitir uma mensagem, ou seja, quando é possível criar uma completude de sentidos.

A construção de sentidos vai acontecer em determinados contextos, e assim, ter significados diferentes a depender da situação comunicativa. Para entender os elementos que estão expostos logo abaixo, é necessário que se compreenda o ato comunicativo e os elementos que estão conectados a ele, assim como as funções que as linguagens exercem.

É mais do que fundamental perceber que quando se abre um livro e encontra um poema com a frase: “FOGO!” a sua percepção e compreensão daquela palavra será diferente, se você estiver no meio de um museu e alguém gritar “FOGO!!!”.

No primeiro momento você pode considerar as situações que o autor do poema tentou problematizar, fará, portanto, uma reflexão sobre aquilo (ou não, talvez) Mas se escuta a frase “FOGO!!!” e preza por sua vida, naturalmente, vai procurar imediatamente uma forma de sair dali. Torça para não estar no Louvre, não é nada fácil sair daquele local, mesmo seguindo as plaquinhas de “sortir”.

1.TIPOLOGIA TEXTUAL

São apresentados de forma macro e representam a diversidade de manifestação textual. Eles servem para classificar e organizar esta vasta pluralidade da escrita. Desse modo, existem cinco tipos textuais.

  • Narração
  • Descrição
  • Dissertação
  • Injunção
  • Predição

2.OS GÊNEROS TEXTUAIS

Possui uma lista muito mais extensa do que a tipologia textual, já que aqui podemos vislumbrar as estruturas socialmente aceitas de determinado textos, manifestados na escrita ou na oralidade, em situações formais ou informais. As intenções comunicativas se fazem valer de forma muito forte em cada gênero textual. De tempos em tempos surgem novos, pois eles são as variadas formas de linguagem que circulam a nossa sociedade.

  • Adivinha
  • Advertência
  • Agradecimento
  • Alvará
  • Ameaça
  • Anúncio
  • Anúncio
  • Anúncio
  • Artigo científico
  • Artigo de opinião
  • Ata
  • Atestado
  • Aviso
  • Bate-papo
  • Bilhete
  • Biografia
  • Boletim de ocorrência
  • Boleto
  • Bula de remédio
  • Cântico religioso
  • Capa de revista
  • Carta aberta
  • Carta ao leitor
  • Carta comercial
  • Carta convite
  • Carta do leitor
  • Carta oficial
  • Carta pessoal
  • Cartaz
  • Catálogo
  • Catecismo
  • Certidão
  • Certificado
  • Charge
  • Código de barras
  • Comercial
  • Comprovante de pagamento
  • Comprovante de renda
  • Conto
  • Contrato
  • Contrato
  • Convite
  • Crônica
  • Curriculum vitae
  • Debate
  • Declaração
  • Diploma
  • Dissertação
  • Documento pessoal
  • Drama
  • Edital
  • Edital
  • Editorial
  • E-mail
  • Endereço postal
  • Entrevista
  • Entrevista médica
  • Errata
  • Estatuto
  • Expediente
  • Fábula
  • Fatura
  • Ficcional
  • Fofoca
  • Folheto
  • Formulário
  • Glossário
  • Gráfico
  • História em quadrinhos
  • Homilia
  • Horóscopo
  • Humorístico
  • Informe
  • Instrucional
  • Interpessoal
  • Jornalístico
  • Jurídico
  • Lamentação
  • Lei
  • Lenda
  • Logomarca
  • Logomarca
  • Manual de instrução
  • Manual de montagem
  • Mapa
  • Memorando
  • Mensagem
  • Mito
  • Norma
  • Nota de aula
  • Nota de compra
  • Nota de rodapé
  • Nota de venda
  • Nota fiscal
  • Nota promissória
  • Notícia
  • Oração
  • Ordem
  • Parecer
  • Patente
  • Peça de teatro
  • Petição
  • Piada
  • Placa
  • Poema
  • Programação semanal
  • Propaganda
  • Publicitário
  • Receita culinária
  • Receita médica
  • Regimento
  • Regra de jogo
  • Regulamento
  • Relato
  • Religioso
  • Reportagem
  • Requerimento
  • Resenha
  • Resumo
  • Resumo de novela
  • Reza
  • Romance
  • Roteiro de viagem
  • Rótulo
  • RPG
  • Sermão
  • Tabela
  • Telegrama
  • Tese
  • Trabalho de conclusão
  • Verbete de enciclopédia

3.GÊNEROS LITERÁRIOS

É a separação de conjuntos de obras que possuem características semelhantes entre si de forma e conteúdo. Na manifestação literária, com a intenção comunicativa, em sua maioria, centrada na mensagem, existem diversas maneiras de se apropriar da linguagem e trabalhar com a palavra. Por isso, em primeira instância, separam-se os gêneros literários quanto à forma, desse modo temos o texto em prosa (organizado em parágrafos) ou em verso (construído em linhas poéticas).

No que concerne ao conteúdo, existem três tipos, mas cada um deles possui ramificações em que a manifestação literária torna-se mais específica.

Épico (atualmente também é chamado de narrativo)                                            

  • Exórdio ou proposição
  • Invocação
  • Dedicatória
  • Narração
  • Epílogo
  • Romance
  • Novela
  • Conto
  • Fábula
  • Crônica

Dramático

  •  Tragédia
  • Comédia
  • Tragicomédia
  • Farsa

Lírico

  • Ode
  • Hino
  • Elegia
  • Edílio e écloga
  • Sátira

Referências:

BECHARA, Evanildo. Gramática escolar da língua portuguesa. 2ª ed. Nova fronteira, 2010.

CUNHA, Celso. Nova gramática do português contemporâneo. 3ªed. Nova fronteira, 2001.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Planejamento de textos para sua produção. In COELHO, Fábio André; PALOMANES, Roza (orgs.). Ensino de produção textual. São Paulo: Contexto, 2016. p. 87-107. ISBN: 978-85-7244-954-0.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Gramática e interação – Uma proposta para o ensino de gramática. 1a.. ed. São Paulo: Cortez, 1996. v. 1. 245 p. ISBN: 978-85-249-0982-5. 13a. Edição: 2009.

http://www.revistaliteraria.com.br/generos.htm acessado em 20 de fev. de 2017 às 10h34.
http://www.desvendandoteatro.com/gneros.htm acessado em 20 de fev. de 2017 às 11h12..

A gente se vê em breve!

Jessica Marquês. 

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *