Onde está Wally? – Uma leitura não-verbal

A leitura pode ser feita de diversas formas, umas delas pode se dá por meio da leitura de uma caracterização não verbal, por exemplo, a série de livros de grande sucesso dos anos 90, produzida pelo britânico Martin Handford; Where´s wally?´criada há 30 anos, em 1987 foi uma fenômeno da cultura pop dos anos 90.

Nessa série, o leitor se coloca na posição de detetive o qual deverá encontrar a personagem principal, chamado originalmente de Wally, este jovem veste de óculos redondos, com uma blusa e gorro listrado vermelho e branco, sempre com uma bengala (apesar de jovem), porta também uma máquina fotográfica e uma mochila muito bem equipada. A cada conjunto de páginas apresentam-se diferentes cenários com muitas, muitas, muitas pessoas naquele ambiente e em situações as mais adversas e bizarras possíveis. O desafio é simples, encontre esse jovem com as características preditas e avance para a nova aventura.

A leitura é configurada com o recurso que hoje chamamos de “gameficação”, a busca parece um jogo no qual você embarca na aventura junto com o Wally, vislumbrando nessa busca, vários cenários e lugares. Em cada página há também um cartão postal e algumas palavras do personagem principal. Se você nunca participou dessa aventura, eu o aconselho a ler este postal depois de encontrar o jovem, pois nele há algumas dicas que podem parecer mais como spoilers, ajudando-o a encontrar, faço isso, pois acredito que o interessante seja, observar cada cantinho de cada ilustração.

Ao longo de suas edições que venderam mais de 43 milhões de exemplares, em mais de 33 países e 22 línguas, houve algumas traduções para a personagem principal em outros países, observe essa lista com os outros nomes de Wally:

  1. Уоли (Uoli) (búlgaro)
  2. 월리 (Wolli) (coreano)
  3. Waldo (inglês americano e inglês canadense)
  4. Walter (alemão)
  5. Charlie (francês)
  6. Wally (italiano)
  7. ウォーリ (Wōrī) (japonês)
  8. 威利 (Wēi lì) (chinês)
  9. Holger (dinamarquês)
  10. Willy (norueguês)
  11. Valle (sueco)
  12. Valli (islandês)
  13. Valik (checo)
  14. Vili (húngaro)
  15. Jura (croata)
  16. Volli (estoniano)
  17. Hetti (híndi)
  18. אפי (Efi) (hebraico)
  19. Javier (Colombia)

Além dessa personagem principal, conforme a narrativa ganhou fama, outras personagens foram acrescentadas às aventuras, de modo que o leitor/ detetive, possa realizar diversas buscas num mesmo cenário. Estas personagens, se confundem com o personagem principal, pois portam algumas vestimentas semelhantes às dele. Assim temos as seguintes personagens:*

Wilma: Amiga de Wally apareceu pela primeira vez na The Ultimate Fun Book, e foi substituída por sua irmã gêmea idêntica Wenda no caso de Wally: The Magnificent Poster Book.

Wenda: Amiga de Wally que substituiu sua irmã gêmea, Wilma de In Hollywood (embora ela já apareceu em The Magnificent Poster Book).

Odlaw: Antagonista da série, que fez sua estreia de impressão no cartaz Magnificent Livro. Ele parece quase o mesmo que Wally, exceto que sua roupa é amarela e preta com listras em vez de vermelho e branco, os óculos têm um tom azul para eles; e ele tem um bigode. Embora nós saibamos que “suas más ações são muitas,” ele não é retratado nos livros de fazer qualquer coisa particularmente desagradável. Entretanto, na série de TV, ele é frequentemente visto com a tentativa de roubar algo de Wally. Note que o nome ‘Odlaw “é simplesmente “Waldo” soletrado ao contrário, que é o nome americano para Wally.

Woof:  Cão sem raça definida  de Wally, apareceu pela primeira vez na diversão final do livro, onde ele foi identificado como cão da Wenda. Somente a cauda pode ser encontrada por várias vezes:. O Livro Wonder e os seis livros de atividades lançados entre 1993 e 1995, Woof se mostra para o leitor.

Mago Barba-Branca: Apareceu pela primeira vez em A Viagem Fantástica. Sua assinatura é a barba excepcionalmente longa, que muitas vezes é a chave para encontrá-lo. Em sua primeira aparição, ele foi responsável pelo envio de Wally em uma busca para descobrir a verdade sobre si mesmo, e ele tem marcado presença desde então. Sua aparição em The Ultimate Fun Book, no entanto, é em apenas uma cena (“Old Friendeco”) e sua presença é omitido no livro e atua como um dos personagens de fundo.

Os “Sentinelas”: São seguidores de Wally dedicados ao seu fã-clube. Existem muitos deles (25 aparecem na maioria dos livros, embora haja 99 deles no The Ultimate Fun Book), e eles aparecem sempre onde Wally vai. Nos livros anteriores, um personagem aparece em cada cena e tem-se de olhar para saber quem é, porque não há informações sobre os personagens. Os personagens apareceram como personagens de fundo e todos tinham algo exclusivo para eles, como o cabelo loiro ou uma barba de gengibre, etc.

Essa série possui sete livros principais:

  • Onde está o Wally?
  • Onde está o Wally? 2 Um Passeio na História
  • Onde está o Wally? 3 Uma Viagem Fantástica
  • Onde está o Wally? 4 O Livro dos Jogos
  • Onde está o Wally? O Livro Maluco
  • Onde está o Wally? A Grande Caça aos Quadros
  • Onde está o Wally? Hollywood

Mas extrapolou o universo da produção literária e já foi adaptado para uma série animada, distribuída pela Dic Entertainment and Waldo Films, a série foi ao ar na televisão americana originalmente na CBS kids.  foi executada em uma temporada com 13 episódios de meia hora cada, além de outros 4 filmes de animação.

Além disso, essa franquia se tornou game, ele tem como inspiração o terceiro livro da série, “Onde está Wally? A viagem fantástica”. O jogo é voltado para toda a família e tem como objetivo encontrar a personagem principal o mais rápido possível tendo como ambientação mapas interativos. Atualmente ele está disponível para Wii, Nintendo Ds ou computadores.

O autor dessa incrível produção afirma que almejava“inspirar as crianças – para abrir suas mentes para explorar assuntos mais – para estar ciente do que está acontecendo em torno deles. Eu gostaria que eles vejam maravilha em lugares que podem não ter ocorrido a eles.” Ele leva até oito semanas para construir cada imagem  do livro, e também ressalta que insere o personagem Wally somente no final: “À medida que trabalho o meu caminho através de uma imagem, eu adiciono Waldo quando eu chegar ao que eu sinto é um bom lugar para escondê-lo”, relata Martin Handford.

Ele também já revelou qual é a sua imagem predileta de todas essas produções, ela está inserida no quarto livro da série “Wally em Hollywood”  na página em que há um musical, nessa página há também um diretor com as iniciais MH, acredita-se que esta imagem poderia ser o autor inserindo-se em sua própria produção.

Antes de produzir o famoso Wally, Martin Handford  trabalhou como ilustrador freelancer especializado em cenas de multidões, quando recebeu um convite para mostrar o seu singular talento, a personagem principal nasceu como um elo para ligar cada cena. “É isso que Waldo é – uma reflexão tardia”, diz ele. “Como se vê, os fãs estavam mais interessados no personagem do que nas cenas de multidão.” Afirma.

 

A gente se encontra por aí!

Jessica Marquês.

Continue Reading