Curiosidades sobre A Bela e a Fera

No dia 16 desse mês finalmente teremos o privilégio de assistir ao live action “A Bela e a Fera” como geração que se torna nostálgica cada vez mais cedo reacendemos as emoções da infância que foram afloradas com o conhecimento da narrativa em questão.

Acreditamos que esta história tem muito mais a acrescentar em nosso universo literário e cultural, por isso, diante dessa paixão e a busca por desvendar as origens que permeiam o conto a Companhia Literária vai realizar um especial sobre “A Bela e a Fera”, para isso teremos uma agenda para as próximas segundas-feiras e sextas.feiras do mês de março.

Convidamos você a se inscrever em nosso canal e nos acompanhar nesse projeto!

10 Curiosidades sobre “A Bela e a Fera”


1ª Curiosidade:
O filme da Disney lançado em 1991 rendeu à empresa quase 350 milhões de dólares apenas nas bilheterias. Nos dias de hoje esse rendimento seria um desastre em termos de lançamentos cinematográficos, mas na época foi um recorde;

2ª Curiosidade: Foi a primeira animação a ser indicada para o óscar e venceu como melhor trilha sonora original e melhor canção original “Beauty and the Beast”. Mas além disso também recebeu indicação a melhor filme, melhor som, melhor Canção Original – “Belle” e Melhor Canção Original – “Be Our Guest”;

3ª Curiosidade: O sucesso da animação também rendeu o Globo de Ouro como Melhor Filme – Comédia/Musical, melhor Trilha Sonora Original e melhor Canção Original – “Beauty and the Beast”;

4ª Curiosidade: Ganhou também em 1992 o prêmio Annie Awards como a melhor animação;

5ª Curiosidade: a cartela de cores foi fundamental para a construção do enredo e da caracterização das personagens, de acordo com o Diretor de Arte,  Brian McEntee, a Bela, por exemplo, é a única que usa azul no vilarejo, uma analogia ao fato dela não se encaixar com o lugar;

6ª Curiosidade: A personagem principal desse enredo é uma ávida leitora, o que causa estranhamento por membros do vilarejo onde ela vivia. Além disso, na animação de 1991 ela canta sobre o livro que lê, e a história conversa com aquilo que ela viveria na narrativa;



7ª Curiosidade:
A canção “Human Again” (em português, Humano Outra Vez) foi cortada pouco antes da produção começar. Posteriormente, ela foi adicionada ao show da Broadway e na versão animada relançada em 2002;



8ª Curiosidade:
A adaptação cinematográfica da Disney de 1991 e outras tantas produções artísticas são embasadas no conto clássico escrito em 1756, pela francesa, Jeanne-Marie le Prince de Beaumont, a madame Beaumont;

9ª Curiosidade: o conto clássico da madame Beaumont foi uma releitura de outro conto, também escrito por uma francesa no ano de 1740, Gabrielle-Suzanne Barbot de Villeneuve, a madame Villeneuve;

10ª Curiosidade: o mito grego pré-cristão da era clássica, Eros e Psiquê, descrito no ano de 150 d.C. foi, de acordo com alguns estudiosos, uma base para a narrativa produzida pela madame Villeneuve.

obra de Canova

Ainda há especulações de que uma história verídica teria motivado a criação da narrativa original. Ao longo dessas semanas vou mais peculiaridades que cercam os meandros dessa narrativa. Conto com a sua companhia neste especial “A Bela e a Fera”.

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *