Curiosidade canônica


A escritora Leyla Moisés em seu livro “Altas literaturas” fez uma apresentação dos 14 escritores mais estudados e elogiados pelos críticos literários, para isso ela destaca os seguintes escritores-críticos:

  1. Erza Pound;
  2. S. Eliot;
  3. Jorge Luis Borges;
  4. Octávio Paz;
  5. Italo Calvino;
  6. Michel Butor;
  7. Haroldo de Campos;
  8. Philippe Sollers.

Ela então elaborou os seguintes parâmetros para analisar e concluir quais eram os autores clássicos preferidos desses críticos:

  1. A existência de ensaio (livro ou artigo) dedicado exclusivamente a um autor;
  2. Referências elogiosas a um autor;
  3. Repercussão da obra de um autor na obra poética/ficcional de escritor-crítico;
  4. Traduções de um autor, feitas pelo escritor-crítico;

O resultado dos escritores prediletos dos críticos-literários preditos foi o seguinte:

7/8: sete dos oito escritores preferem estes autores 6/8: seis dos oito escritores preferem estes autores 5/8: cinco dos oito escritores preferem estes autores 4/8: quatro dos oito escritores preferem estes autores
Homero James Joyce Virgílio Franz Kafka
Dante John Domme Shakespeare
Voltaire Goethe
Mallarmé Dostoiévski
Erza Pound Henry James
Gustave Flaubert

 

 

Você já leu algum(s) livro de algum(s) desses autores?

Que tal fazer uma experiência?!

 

Referência:

MOISÉS, Leyla Perrone. Altas literaturas. Companhia das letras, 1998.

 

Abraços,

Jessica Marquês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *