Cantiga de escárnio – Trovadorismo

A poesia satírica é um tipo de texto crítico que vai apresentar de forma direta ou indireta alguma visão divergente de determinada situação. No que se refere à produção da poesia trovadoresca, das cantigas medievais, temos dois tipos de cantigas satíricas: Cantigas de escárnio e cantigas de maldizer. Nesse artigo apresentaremos as principais características da […]

O eu lírico

Para compreendermos profundamente as cantigas do Trovadorismo é fundamental entendermos o eu lírico, aliás, para sermos capazes de analisar qualquer produção poética, é primordial conseguirmos localizar o eu lírico presente no poema ou canção que se analisa. O Eu lírico também pode ser chamado de eu poético ou sujeito lírico, é como se fosse o […]

A prosa Trovadoresca

Como já sabemos o período em que o Trovadorismo expressa-se é marcado pela religiosidade, pelo cristianismo, pelo teocentrismo: o homem desse período é completamente dominado pelo medo do pecado, por isso está constantemente tentando agradar a Deus. Desse modo, a Literatura Medieval Portuguesa evidencia um homem medieval que é simples, ingênuo e passivo, tendo em […]

Trovadorismo: contexto

As produções literárias do trovadorismo estão associadas às situações históricas e sociais do período, por isso, é interessante compreender os elementos do período medieval onde tais produções eclodiram. Diante disso, existem três características sociais que precisam ser levadas em consideração quando se fala em Trovadorismo, tais elementos nos estão presentes na maneira do artista encarar […]

Bula Manifestis Probatum, de 23 de Maio de 1179

Eis o documento que reconhece Don Afonso Henrique de Borgonha como rei de Portucalense: ALEXANDRE, BISPO, SERVO DOS SERVOS DE DEUS, AO CARÍSSIMO FILHO EM CRISTO, AFONSO, ILUSTRE REI DOS PORTUGUESES, E A SEUS HERDEIROS, IN PERPETUUM. Está claramente demonstrado que, como bom filho e príncipe católico, prestaste inumeráveis serviços a tua mãe, a Santa Igreja, […]

Introdução ao Trovadorismo

O surgimento do Trovadorismo compreende os séculos XII-XIV e se dá em meio à independência portuguesa. Em 1179, após uma batalha para tornar o condado Portucalense livre e autônomo sendo Afonso Henrique de Borgonha reconhecido pelo Papa  Alexandre III como rei, originando, assim, o Reino de Portucalense, também conhecido como Dinastia de Borgonha. Terminada a […]

A certidão de nascimento do Brasil

Provas como o ENEM ou diversos vestibulares adoram abordar a carta de Pero Vaz de Caminha, tanto na prova de Literatura quanto na de História, pois este documento coloca em evidência elementos da Literatura que é chamada de viajantes ou de informação, tendo em vista sua intenção comunicativa de transmitir uma informações sobre aquela terra […]

Linha do tempo das Escolas Literárias

A arte da palavra à qual é designada a Literatura pode ser expressa de diversas maneiras, a brincadeira com a palavra ou a robustez dela podem ser uma escolha da produção e, portanto, uma forma de manifestar, por meio dessa arte, as impressões do mundo que nos cerca. Quando falamos do estudo da Literatura devemos […]

Curiosidade canônica

A escritora Leyla Moisés em seu livro “Altas literaturas” fez uma apresentação dos 14 escritores mais estudados e elogiados pelos críticos literários, para isso ela destaca os seguintes escritores-críticos: Erza Pound; S. Eliot; Jorge Luis Borges; Octávio Paz; Italo Calvino; Michel Butor; Haroldo de Campos; Philippe Sollers. Ela então elaborou os seguintes parâmetros para analisar […]

O que são Escolas Literárias?

Em nosso artigo sobre “O que é Literatura?” nós discutimos o fato de que a Literatura envolve o objeto social, na medida em que ela necessita ser desenvolvida e, eventualmente, lida num processo que permeia o diálogo entre os indivíduos inseridos numa determinada interação social. A Literatura está desse modo, condicionada a um processo de […]